24 de nov de 2010

Bernardo

Não conheci Bernardo.
Só o vi em poesia.
Mas dele fiquei tão Íntimo
que posso ouvir seu silêncio
no regozijo das árvores.
Ouço sua ternura de garça
a esticar o horizonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário