13 de ago de 2011

Caminhos diVersos será lançado em 20 de agosto

Caminhos diVersos será lançado no próximo sábado 20 de agosto. A obra é constituída de um conjunto de 41 poemas, nos quais o autor tece suas percepções de mundo e revela suas experiências afetivas, pescando imagens do cotidiano e filosofando sobre a vida.

Caminhos diVersos é uma composição poética, dedicada aos amigos que acompanham a trajetória do poeta ao longo de sua vida, e que, pode ser apreciado tanto por adultos como por crianças e jovens, pois não faltam imagens criativas e ternas capazes de seduzir o leitor,  como nos versos: O chapéu saiu chorando, / só por causa do pincel / que queria pintar o vento / e as estrelinhas do céu. No prefácio do livro assinado por Edson Gabriel Garcia, o escritor paulista diz que Bené, como é conhecido entre os amigos, “vai palavrando seus versos, tangendo suas emoções de tal forma que a nossa leitura nos faz crer que deveras somos donos dessas liberadas sensações. Dos musgos vamos ao barro, construindo ninhos com nossas intenções de leitura, barcos sem âncora e cais para chegar, à deriva nos braços de seus versos. Mas logo ali, versos intensos e bem margeados, há um barco a nossa espera, leitores famintos. Se às vezes ficamos partidos em suas canções, filosofando sobre as profundezas das dúvidas da utilidade prática da vida, outras vezes nos pegamos cantando, felizes, como felizes são os versos que seguem naturalmente o caminho traçado pela melodia da canção”.

Bené revela que descobriu sua habilidade para a poesia, tentando aperfeiçoar sua escrita durante a trajetória quase solitária para conseguir o diploma de primeiro grau, atual ensino fundamental, através do telecurso, quando ainda habitava na zona rural no Agreste alagoano. “minha escrita era muito ruim, mas, eu sabia que deveria superar as dificuldades se quisesse transitar nesse mundo letrado, então comecei ler e escrever sem compromissos, não havia bibliotecas ao meu alcance, mas, havia um amigo professor que me arranjava os livros”. Foi nesta época que Bené descobriu estar seduzido pelo universo literário, dos grandes escritores e poetas da literatura universal, os quais ele os define como construtores de catedrais imateriais, Bené, afirma ter encontrado na obra de Graciliano Ramos, José Lins do Rego e Jorge Amado, os alicerces para sua formação literária. Na poesia, Manoel de Barros, Fernando Pessoa, Pablo Neruda, e Augusto dos Anjos, são seus grandes ídolos. “Não há como não perceber a influência desses mestres na minha poesia, afirma o poeta, aliás, faço questão de tê-los vivo na composição dos meus poemas”. Escrever se converteu num entretenimento rotineiro em minha vida, como empinar pipas é para um adolescente, entretenimento que resultou num ofício o qual já não posso viver sem praticá-lo. Escrever é tão necessário quanto comer e beber.

Nascido aos 04 de novembro de 1967, Bené é natural de Arapiraca, estado de Alagoas onde viveu até 1995 trabalhando na agricultura com sua família. Ano em que se mudou para João Pessoa com a pretensão de prosseguir seus estudos. Hoje é graduado e Mestre em Geografia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), segundo o poeta, a capital paraibana é o lugar que escolheu para constituir família e viver pescando palavras e tanger versos nas correntezas da vida.

Acreditando ser a leitura, a porta de entrada para a inserção da juventude na sociedade contemporânea, Bené reuniu algumas instituições, e criou um projeto de estimulo a leitura com crianças e adolescente na Região Metropolitana de João Pessoa, cujo objetivo é contribuir para o desenvolvimento cultural de crianças, adolescentes e jovens, através de ações em rede que estimule a democratização do acesso ao livro, o gosto e a fruição literária, incorporando estas ações a rotina cotidiana dos habitantes da Região Metropolitana de João Pessoa, na perspectiva de uma sociedade leitora.
O Polo de Leitura na Rede, nome do projeto, é uma estratégia de articulação entre cinco instituições educativas que atuam na promoção e defesa dos direitos de crianças, adolescentes e jovens em condição de pobreza social. São elas: Aldeias Infantis SOS Brasil - Paraíba, Apoio ao Trabalho Cultural, Histórico e Ambiental (APÔITCHA), Escola Municipal de Ensino Fundamental Assis Chateaubriand, Casa Pequeno Davi (CPD) e Associação Educativa Livro em Rodas (AELER) e conta com a parceria do Instituto C&A de Desenvolvimento Social, através do Programa Prazer em Ler. “Não quero ser um leitor privilegiado na sociedade, mas, fazer parte do privilégio de viver numa sociedade de leitores”, afirma.

O lançamento será no dia 20 de agosto de 2011, as 20:00h no Salão  Paroquial da Igreja São José Operário, localizada a Av. Cruz das Armas, s/n e é aberto a todos os que desejarem fruir um pouco da poesia deste “pássaro urbano”, Bené.

Contatos:
Fone (83) 8874 - 0316

Nenhum comentário:

Postar um comentário